Animação Vocacional
Sim, você mesmo! "Vem e segue-me"
Neste espaço, propomos a abordagem de um tema que muito nos eleva e enobrece diante de nossa relação com Deus e com toda a sua criação, que é: a dimensão vocacional.
Quando falamos em vocação, falamos daquele chamado que Deus dirige a cada um de nós, de forma especial, particular e individual. Deus ao nos chamar, quer contar comigo e com você, para sermos colaboradores na construção do seu Reino, participando assim, da sua vida e de sua glória, como nos relata o Documento de Aparecida no artigo 129.
Se estendermos nosso olhar sobre a Palavra de Deus, perceberemos que do Antigo ao Novo Testamento, Deus sempre chamou e continua a chamar as pessoas, e que responder ao chamado de Deus, consiste em dar um sentido maior e especial á nossa existência.
Desde o início da criação, pessoas e nações inteiras transformaram suas vidas ao ouvirem e responderem positivamente ao chamado e a missão por Deus dirigidos. Podemos recordar do Antigo Testamento a história da Vocação de Abraão (Gn. 12,1), Vocação de Moisés (Ex. 3,7-10), Vocação de Samuel (I Sm 3,7-12), Vocação de Jeremias (Jr 1,4-10), Vocação de Isaias (Is 6,8-9ss) , entre tantos outros que Deus chamou.
De modo especial, no livro do Profeta Jeremias podemos perceber, de forma bonita e poética, o quanto Deus nos ama e espera de nós. Deus dirige ao profeta as seguintes palavras:
“antes de formar você no ventre de sua mãe, eu o conheci; antes que você fosse dado à luz, eu o consagrei, para fazer de você profeta das nações”.
Através desta manifestação de Deus, podemos perceber o quanto Deus nos ama; e que, por que nos ama nos quis; e que se nos quis, nossa existência não é meramente fruto do acaso; e se não somos frutos do acaso, Deus tem um plano, um projeto para nós, ou seja, quer contar conosco para algo maior, especial.
No Novo testamento, através dos relatos dos evangelistas sobre a vida de Jesus, também podemos perceber a grandeza do chamado. Jesus também quer contar com algumas pessoas para sua grande missão de anunciar o Reino de seu Pai, e por isso, chama-as pelo nome.
Poderíamos diante disso ser tentados a dizer: ta e daí, o que temos a ver com tudo isso? Temos tantas imperfeições, limitações, Jesus nunca que nos chamaria!. Esse negócio de vocações é para os outros.
É importante perceber que Jesus não chama os capacitados, mas capacita aqueles que chama. Assim foi com Pedro que o negou Jesus três vezes; com Mateus que era cobrador de impostos; São Paulo que era perseguidor dos cristãos, e tantos outros que acolheram ao chamado de Jesus: “Vem e segue-me!”, e se tornaram grandes servos de Deus.

Você já se perguntou o que Deus quer de você?
Qual é o sentido de sua existência?

Quando falamos em vocação, entendemos que não está em jogo simplesmente considerar o nosso desejo de ser ou não um pai ou mãe de família, um leigo ou uma leiga engajada na comunidade, ser uma irmã ou um padre. Mais do que o nosso simples querer, temos que principalmente buscar sentir e discernir a vontade de Deus para a nossa vida. Podem nos ajudar a refletir e discernir melhor sobre nossa vocação, as seguintes indagações:

Senhor que queres que eu faça?
Senhor, que queres de mim?

Diante da realidade dos chamados vocacionais que Deus nos faz, a Vida Religiosa Consagrada aparece como uma bela e eficaz forma de realização vocacional. Servir ao Senhor testemunhando no mundo os votos de pobreza, castidade e obediência a exemplo de Jesus, pode fazer de nós uma pessoa muito feliz.
É por isso meu amigo jovem, que quero convidar você a pensar sobre sua vocação, ou seja, sobre os planos de Deus para a sua vida. E se sentires que em suas orações Deus lhe chama a conhecer e a fazer a experiência de uma forma de vida mais radical no teu seguimento de Jesus através da Vida Religiosa Consagrada, gostaria de lhe apresentar a congregação dos Oblatos de São Francisco de Sales como uma boa possibilidade.
Os Oblatos são uma família de padres e irmãos, que estão em 18 paises do mundo, realizando sua missão de viver Jesus no meio do mundo e divulgar a espiritualidade de São Francisco de Sales.

Pe. Carlos Martins de Borba, osfs
Casa Padre Brisson
98.350-000 Jaboticaba – RS
Tel: (0xx55) 3743.1040
Email: padrecarlososfs@yahoo.com.br